Tudo que você sempre quis saber sobre o violino!

Entrevistamos a Profa. Adriane Fischer com as dúvidas mais frequentes entre os interessados sobre o violino.

 

O violino sempre foi considerado muito difícil. É verdade?

O violino é bastante técnico, mas na metodologia que aplicamos aqui na Musiclin, a aprendizagem é feita através de exercícios divertidos e assim o aluno acaba achando fácil o aprendizado. O importante é ter perseverança.

 

Existe uma idade certa?

O violino traz vantagens e benefícios para todas as idades.  Desenvolve o cérebro, ajuda na concentração, na aprendizagem de idiomas, no raciocínio lógico, alem de trazer vários benefícios para a saúde. Pode-se começar a partir dos 3 ou 4 anos de idade, mas adultos e pessoas da terceira idade também podem aprender.As crianças possuem mais flexibilidade, e absorvem conhecimento como “esponjinhas”, mas os adultos possuem maior concentração e autocrítica.  O mais importante é ter motivação e vontade de aprender.

 

Quanto tempo devo dedicar por semana?

As aulas individuais ocorrem uma vez por semana, onde o aluno (e os pais, dependendo da idade) recebe orientações para o estudo em casa. O ideal é praticar um pouco cada dia e não deixar para treinar tudo um dia antes da aula. Quando os alunos já têm um pouco de conhecimento também podem participar de práticas em grupo em formato de orquestra, que são uma ferramenta excelente para  a motivação e para repassar conteúdos vistos nas aulas individuais.

 

O violino é um instrumento só para aprender música erudita (clássica)?

O violino é mais conhecido como instrumento erudito porque grandes compositores eruditos dedicaram muitas obras a esse instrumento, colocando-o em posição de destaque. 

Além disso, nas orquestras a proporção de violinos é bem maior em relação aos outros instrumentos.

Mas pode-se tocar qualquer tipo de música no violino: rock, pop, country, tema de filmes entre outros. Conforme vai se avançando no estudo do instrumento, o aluno vai tendo acesso a diferentes estilos e inclusive pode ir decidindo e escolhendo as músicas que deseja aprender.

 

Algumas pessoas preferem outros instrumentos por certo “medo” de ler notas. Todo aluno de violino tem que aprender a decifrar a partitura?

Geralmente começamos trabalhando a coordenação motora e a percepção auditiva. O aluno vai aprendendo a tirar um som “limpo” e agradável, enquanto vai aprendendo as primeiras melodias. A aprendizagem das notas vem depois, pouco a pouco e de uma maneira lúdica. Ler notas acaba tornando-se uma necessidade conforme o nível de dificuldade das músicas vai aumentando, pois a partitura indica de forma exata a nota que deve ser tocada, seu ritmo correto e maneira de execução.

*Profa. Adriane Fischer. Graduada na Faculdade de Belas Artes do Paraná. Professora de Música desde 1987; Atuou como concertista em várias orquestras no Brasil e Exterior; Bolsista da Associação Americana Suzuki nos Estados Unidos; Professora da Musiclin Escola de Música.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.